A sexualidade da mulher

Posted by on Jan 25, 2016 in sexo | 0 comments

O Tabu

 

conquistar-um-homemO tabu esta ai, depois de muito ter que esconder em nossa sociedade ocidental, a cada dia mais a mulher esta mais livre e pode discutir ou debater mais sobre assuntos que antes eram totalmente impensáveis. Pergunte ao seu avo ou sua avó como era tratada a questão da sexualidade e os direitos sexuais da mulher na época em que ele estava na faculdade, ou então como era tratada a mulher que sequer cursava a faculdade. Um dos maiores exemplos de mulher fora do padrão da época, negativamente falando, é com certeza a da mulher gravida fora do casamento, normalmente a gravidez era até um motivo real para o casamento e muitas mulheres chegaram a casar gravidas, sendo que isso era um mistério e a certeza era a de que seu filho nasceria “prematuro”.

Os orientais em uma maneira geral ainda possuem mais resistência em dar a mulher mais liberdade. Isso inclui tanto árabes como também asiáticos, ambas podem ser consideradas culturas orientais. Os árabes chegam ao ponto de cobrir toda a mulher com uma burca e podem chegar a considerar um crime aquela que nao o usa, ja os asiáticos ainda possuem algumas características de considerar estranho a mulher trabalhando ou algo do tipo. Mas parece que a primeira cultura é a que fica mais distante de ter uma evolução, por diversos fatores.

Imagine conseguir vender um curso de como se tornar boa de cama para uma mulher muçulmana, ou então o que um árabe iria imaginar se uma mulher pudesse conversar com a outra sobre como é o marido na cama, ou como melhorar o desempenho sexual sem ser apedrejada. Parece surreal para você? Para ele surreal seria uma mulher tentar descobrir como deixar um homem louco na cama. E para isso uma cultura totalmente machista, teria que aderir a sedução de mulheres para homens algo impensável já que a decisão praticamente é só dos homens.

Com certeza as gerações anteriores também aqui mesmo no Brasil também iriam considerar estranho um curso para descobrir como conquistar um homem, mas nada que uma conversa ou um chega para lá não mudasse de ideia ou pelo se conformasse com esse “absurdo das novas gerações”. Agora tente convencer um árabe disso e provavelmente as consequências podem ser terríveis.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *